Nicolau Lisboa
25 Abr 2017
// Outros, POR Carolyne Veloso

Aqui estou eu outra vez, uhuuul! E o post de hoje é para partilhar com vocês uma dica de um café onde eu fui no sábado. Para quem não sabe a famosinha tapioca, que é mais que conhecida no Brasil, agora tem aqui em Portugal também. Pois é, pessoas! No Nicolau Lisboa, vocês têm a opção de comer tapioca com queijo e fiambre, com morangos e nutella e ainda com banana e nutella (se eu não estou em erro). Fora a decoração, que é super fofinha e com um toque meio vintage. A parte mais chata foi ter que ficar à espera de uma mesa, mas tudo bem! Vamos por partes, que eu vou mostrar tudo desde a parte de fora até ao espaço em si.

 

 

#Azamigas

 

Estes foram os nossos pedidos. Confesso que a minha limonada estava amarga (ácido e amargo não são a mesma coisa, para  quem está agora a pensar "ah, mas eu gosto de limonada amarga mesmo.").

 

 

 

 

Gostaram? Para quem tem curiosidade em conhecer, aqui vai a morada: Rua de São Nicolau, número 17. O bom é que fica mesmo em Lisboa e depois vocês podem aproveitar para explorar essa cidade Linda como eu fiz com as minhas amigas.

 

Fico por aqui, pessoas! Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, sim?! Comentem e digam-me o que acharam! 

 

Beijo e aquela abraço!

// Look, POR Carolyne Veloso

Heeeeeeey! Gente, porque as aulas mal começaram e eu já tenho mil coisas para ler? Não sei lidar!

Para descontrair um bocado, vim aqui postar um look fofo que usei outro dia (já era para ter postado na segunda, mas não consegui). Optei por uma sainha com botões a frente num tom terroso e usei uma camisola ( = blusa) branca porque eu acho que super combina com a cor da minha saia e, por fim, usei umas sabrinas pretas com um pequeno detalhe dourado na ponta. Há quem use esta saia para um look mais desportivo e  eu não sei se vocês lembram que eu já publiquei aqui no blog um post com várias ideias de como se usar saias com botões a frente (cliquem aqui e vejam!). Eu, particularmente, optei por esse conjunto que ficou mais casual, mas dei uma toque meio retrô com esses óculos redondos, que são o exemplo "vivo" de como a moda vai e volta!

 

Sobre tons terrosos: ficam muito bem com branco e acho que se vocês ainda não têm algo nesta cor, vale a pena apostar. Para quem não gosta muito de saias e prefere vestidos, há aqueles em camurça que ficam super giros com umas botinhas mais curtas. Usem e abusem agora no outono!

 

 

 

 

 

 

Camisola: Primark; Saia: Lefties; Sabrinas: Stradivarius; A malinha e os óculos eu já tinha usado em outro look e eles são do Romero Britto (comprei no Brasil) e da Tiger, respetivamente.

Genteee, agora que parei para pensar em como tudo desse look foi baratinho porque não tem coisa melhor que comprar roupa nos saldos. Sinto-me muito espertinha quando encontro coisas super baratas, viu?! Os saldos quase que me chamam pelo nome, lol.

 

E aí, o que vocês acharam? Deixem aqui os vossos comentários!

 

Beijoooooo e aquele abraço!

 

 

// História, POR Carolyne Veloso

Oiiiii!

As minhas aulas já começaram, uhuuul! Sim, no início tudo são flores, mas Deus é mais!

O post de hoje não é novidade para os meus leitores portugueses, mas é algo que não existe no Brasil, então quero mostrar um pouco do famoso traje académico que os universitários usam em Portugal, que é composto pela capa e pela batina, mostrando como a igreja sempre teve influência no ensino. Ao longo do tempo, o traje teve várias alterações, até que no século XX, ele passou a ser como é hoje. Ah...além da capa e da batina, existe também um colete que serve mais como agasalho, visto que nem sequer tem uso obrigatório, mas que na sua falta, a batina tem de estar abotoada. Não pensem que é apenas preciso comprar o traje igual a todos e todo o resto fica à vossa escolha. Existem várias regrinhas e uma delas é que os caloiros não o usam. Para vocês perceberem melhor do que estou a falar, separei algumas imagens do traje e os seus constituintes para rapazes e raparigas ( = moças).

 

   

Para os rapazes, o traje é constituído por sapatos pretos lisos, sem fivelas; Meias pretas; Calças pretas lisas; Coletes pretos sem abas e sem ser de cerimónia; Batina, que deve ter pregado, a meio da parte posterior, dois botões maiores e, em cada uma das mangas, deve ter de um a quatro botões; Camisa branca lisa, com colarinho comum e com ou sem punhos; Gravata preta lisa; Capa preta, com ou sem cortes na parte inferior e com ou sem distintivos na parte interior.

 

Para as raparigas, o traje é constituído por sapatos pretos, de modelo simples e saltos pequenos; Meia alta preta; Saia preta lisa até ao joelho; Casaco preto simples sem gola; Camisa branca com gravata preta lisa; Capa preta.

Não pensem que é apenas isso porque existem muitas outras  regras: o gorro pode ser usado facultivamente pelos homens, mas as mulheres não o podem usar; Devem ser retiradas todas as etiquetas do traje; Os pins usados só podem ser o do curso; A capa nunca pode ser lavada; Os caloiros devem usar a capa dobrada no braço esquerdo e podem-se colar emblemas pessoais do lado esquerdo no interior da capa, que devem ser cozidos ( = costurados) manualmente com linha preta em ponto cruz e não deve passar para a parte exterior da capa. Existem muitas outras coisas a saber do traje académico, mas o post já está enorme e acho que já deu para vocês perceberem bem (ou mais ou menos) como  o uso do traje funciona. Para terminar, é importante dizer que uma das maiores homenagens académicas é quando, em ocasiões especiais, as capas são estendidas no chão e o homenageado passa por cima delas.

Já ouvi algumas pessoas comentarem que o traje faz lembrar o look do Harry Potter, mas digo-vos já que o traje é muito giro e que, na minha opinião, nos rapazes ainda ficam mais giros porque a capa dá-lhes um certo charme. A única coisa que acho que não faz muito sentido é usarem tanto o traje e no dia da queima das fitas, que é uma festa de comemoração à conclusão do curso e que eu não vou abordar muito esse assunto agora porque posso falar disso em outro post, os estudantes estarem com o traje vestido mais uma vez. 

 

Fico por aqui e espero que vocês tenham gostado do post de hoje, especialmente os meus maigos do Brasil porque é algo completamente diferente do que temos por lá. Digam-me o que acharam nos comentários!

 

Beijo e aquele abraço!

 







 

// História, POR Carolyne Veloso

Oláááá, prontíssimas! Já estamos em setembro e isto é sinal de que todos vamos voltar às nossas vidas normais, uhuuuul! Não temos para onde correr, então é melhor ser feliz com gritinhos histéricos porque a vida não é apenas férias.

Eu acredito que todos, mesmo aqueles que não se interessam muito por política, devem ter ouvido falar alguma coisa sobre o Impeachment de Dilma, no Brasil. Sim, isso veio para marcar a história do Brasil e não se fala em outra coisa e nem em outra pessoa a não ser em Dilma Rousseff. Sendo assim, o meu tio deu-me um clique para falar sobre o estilo e look da nossa ex-presidente, que tem como uma das suas estilistas preferidas, a Luisa Stadtlander. Nada mais lógico  que começar pelo look usado pela Presidente na sua primeira posse, em 2011.

 

O look era composto por um vestido branco, um blazer perolado e uns sapatos scarpin que eram da mesma cor que o blazer. Os seus acessórios eram discretos, mas fizeram toda a diferença, afinal, uns brinquinhos já mudam tudo.  Simples, mas elegante, não acham?

 

Look usado na sua chegada ao Palácio presidencial, na Índia. Como vocês podem ver, este look também era composto por vestido e blazer, só que agora em tons mais escuros e o blazer era de renda.

 

E para quem acha que Dilma não repete looks, aqui está a prova de que ela repete, sim! Esta combinação de vestido e blazer azuis foram usados na sua participação no Fórum CEO das Américas e, três meses depois, o mesmo look foi visto durante o seu encontro com o Primeiro Ministro do Reino Unido, David Cameron.

 

E ela também mostrou que gosta do clássico preto e branco, neste encontro com Angela Merkel, e desta vez deixou as saias  ou vestidos de lado e optou por  usar umas calças pretas. Gostei, e vocês?

 

#DilmaPoderosa com esse blazer vermelho, que dizem ser um dos seus preferidos. Será por ser a cor do PT ou não tem nada a ver com isso? #EisAQuestão

 

Esse foi um dos meus looks preferidos porque Dilma fugiu das cores neutras e, ao lado dos atletas que participaram nas Olimpíadas em Londres, vestiu um casaco suuuuper amarelo da Delegação Olimpíca.

 

E, para finalizar, escolhi este look que foge completamente a tudo o que vocês viram até agora porque, durante o discurso de abertuda da 7ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, a Presidente pousou ao lado de Barack Obama com uma camisa vermelha toda padronizada e com alguns babados na gola.

 

Espero que vocês tenham gostado deste post de hoje, onde ficou confirmado que política e moda também podem estar relacionadas porque por detrás dos looks de um Presidente tem sempre um grande estilista. 

 

Digam-me o que acharam desse post e se vocês também preferem looks mais neutros como os de Dilma Rousseff, ou se gostam de chegar chegando com aquelas cores vibrantes.

 

Beijo e aquele abraço!

Dicas de estudo
01 Jun 2016
// Outros, POR Carolyne Veloso

Heeeeeey, como vocês andam? Vim aqui para dizer algo que todos já sabem: o ano letivo está a acabar! Sim, graças a Deus! Mas ainda temos testes e exames por fazer. Sendo assim, o post de hoje é sobre algumas diquinhas básicas sobre como devemos estudar. Claramente que eu não sou nenhuma expert no assunto, mas vamos lá!

 

A primeira dica, eu nem vou contar mesmo como uma dica porque acho que é algo comum a todos: antes de começarem a estudar, desliguem a televisão, o WiFi do telelmóvel (= celular) e não estudem com o computador aberto na página do Facebook. Eu sei que algumas pessoas têm o dom de conseguirem concentrar-se nos estudos ao mesmo tempo que estão a dar uma olhadinha nas redes socias, mas acho que concentração a 100% mesmo, só se desfazendo destas "tentações". E vamos então começar com as dicas:

 

1º) Façam um planeamento de estudos e tentem segui-lo com toda a precisão possível. Mas sejam realistas e sinceros com vocês próprios: se sabem que não vão estudar todos os dias e horas que planearam, optem por outro método ou então nem façam planeamento nenhum. Tem gente que parece que obedece a si mesmo se não tiver uma folha a "cobrar" o que ele tem que estudar. Lembrando que este planeamento é feito pelo próprio estudante, então quem se está a cobrar é ele mesmo. Enfim...se preferem não ter planeamento, não o façam! O importante é que consigam estudar tudo e pronto!

 

2º) Se vocês são do tipo de pessoa que não consegue estudar se o quarto estiver todo bagunçado, arrumem o quarto antes de tudo. Só não deem desculpas para arrumarem o quarto todos os dias porque acabam por perder tempo, o que faz toda a diferença no final das contas.

 

3º) Tenham todo o  material de estudo organizado e em dia. Acho que é péssimo ver que falta parte da matéria quando estamos perto do teste. Além de termos que ir atrás do que falta, ainda podemos correr o risco de não conseguir exatamente tudo como deve ser. 

 

4º) Acordem cedo porque o dia rende muito mais e não precisam passar a noite a estudar. Acho bem mais produtivo acordar cedo, passar o dia a estudar e não dormir tarde do que acordar às 12 horas só porque sabemos que estamos em casa mesmo e só temos que ir estudar. Mesmo estudando em casa, acordar mais tarde não compensa porque acabamos por ficar com o sono todo trocado, o que nos irá prejudicar até mesmo no dia em que teremos que acordar cedo para fazermos o teste, caso seja pela manhã.

 

5º) Para quem gosta de resumos: façam resumos! Mas não deixem acumular. Façam resumo todos os dias e vão ver como é mais fácil e menos cansativo no final das contas. Entretanto, quando a matéria é muita e o tempo é pouco, leiam o texto duas ou quantas vezes mais forem precisas, tirem apontamentos, façam esquemas, sublinhem as partes mais importantes e vão ver como isto também funciona se fizerem com atenção.

 

6º) Façam questão em perceber bem a matéria, mas decorem o que for para decorar. Eu acredito que às vezes decoramos algo, mas não aprendemos porque tínhamos mesmo que perceber o que estavamos a estudar. Mas sou super a favor de que algumas coisas são mesmo para serem decoradas. Sem mais!

 

7º) Usem e abusem dos marcadores (= marca texto), canetinhas coloridas, para sublinharem o mais importante, e também o famoso e conhecido post it. Eu sei que a maioria das meninas adoram isso.

 

8º) Façam pequenos intervalos para descansarem. E quando eu digo "pequeno" é realmente pequeno porque um intervalo enorme custa mais para voltar a estudar. E também é importante que durante esses intervalos vocês consigam realmente descansar a mente, ou seja, ir para a frente da televisão ou para o telemóvel talvez não seja o melhor exemplo de descansar a mente.

 

9º) Se conseguem estudar a ouvir música: força nisso! Realmente tem pessoas que conseguem e outras não. Cada um com o seu cada um!

 

10º) Esta é uma dica que me ajuda muito: se estudam sempre em casa e acham que o estudo já não está a resultar, vão a outro lugar. Às vezes, quando saímos de casa e vamos à uma biblioteca, café, etc, parece que a matéria flui mais rapidamente. Pessoalmente, eu acredito que o mesmo ambiente sempre cansa um pouco. 

 

11º) Não se contentem apenas em ler, escrevam! Penso que ao escrever, nós absorvemos mais a matéria.

 

12º) Se tiverem disciplina, estudem em grupo! Ajuda muito poder tirar as dúvidas com os amigos ou poder explicá-los algo também. Se acham que se distraem com os amigosé melhor estudarem sozinho porque ninguém sai prejudicado.

 

13º) No final de cada matéria ou até mesmo de tudo, façam exercícios porque ajuda a perceber o que ainda não sabemos ou até mesmo o que achavamos que sabíamos e acabamos por descobrir algumas dúvidas. Os exercícios ajudam-nos a esclarecer mais o que estudamos.

 

14º) Lanchem! Eu costumo dizer que não  há nada melhor que ter coisas que gostamos de comer na hora do lanche para ficarmos mais empolgados e felizes. #MeJulguem

 

15º) Assistam vídeo-aulas se acham que percebem melhor assim. 

 

Enfim, pessoas, eu acho que já têm aqui muitas dicas que podem ajudar vocês. Se tiverem algo que fazem e que acham que vos ajuda bastante, deixem aqui nos comentários. Antes de mais nada, peçam a Deus que vos ajude porque realmente existem coisas que parecem não fazer o maior sentido nas nossas cabecinhas. É isso, amigos! Muito foco e vamos que vamos! Uma coisa que acabei de lembrar e que também é muito importante: estudem para o 20! No Brasil seria mais "estudem para o 10".O que eu quero dizer é: não estudem a pensar na nota mínima que podem tirar, pensem sempre no melhor! Tenham confiança em vocês porque isso já ajuda muito. Sendo assim, acho que agora acabei!

 

Beijo, aquele abraço e boas provas!

Passagem de ano!
05 Jan 2016
// Look, POR Carolyne Veloso

Bom dia, pessoas! E depois do natal vem o quê? Nada mais, nada menos que a passagem de ano, uhuuul! Quem acha que passou super rápido levanta as mãos o/ o/ o/

A verdade é que para mim até passou rápido, mas houve alguns meses que pareciam durar um ano. Enfim, agora estamos em 2016. Que seja lindo, abençoado e cheio de coisas boas! 

Eu não sei o por que da "besteroide" das pessoas acharem que as cores dizem muita coisa sobre como vai ser o nosso ano. No Brasil, passar a passagem de ano (ou virada de ano, como costumamos dizer lá) de preto não é bom. Gente, por favor, isto é questão de cultura mesmo. Aqui, por exemplo, a maioria das pessoas passam de preto porque como é inverno, o que mais tem nas lojas são roupas escuras. Eu, por exemplo, até tento, mas não consigo fugir do vestido preto, seja ele basiquinho ou não. Este ano, o meu vestido foi preto tal e qual o ano passado, só que com um tamanho midi (e só agora eu percebi que o de Natal também era midi. Palmas para mim!) e em renda. No finalzinho da minha esperança, já que ela é mesmo a última a morrer, entrei na Pimkie e encontrei o meu vestido. Nem precisei "estudá-lo" muito. Só teve um problema: o menor tamanho dele era o 36 e eu uso o 34 ou até mesmo o 32, então fui a correr para uma amiga costureira e lá ela me socorreu.  Amei! Foi amor à primeira vista, sim! Usei com um sapato prateado (o mesmo que usei o ano passado, por acaso, porque mentalizei que não ia comprar sapato este ano. Eu já sou chata para encontrar um vestido que me agrade. É sempre a mesma coisa! Depois que encontro o look perfeito, ainda tenho que ir à procura do sapato perfeito, aff! Fui prática e decidi que ia usar o mesmo que usei o ano passado. Assim só facilitei a minha vida.). O cabelo, eu pus todo de lado e fiz uma trança. Na verdade, eu queria fazer um penteado diferente. Queria o cabelo todo preso, mas não tive tempo de idealizar bem o que queria, então ficou meio soltinho mesmo. Como acessórios, eu só usei uns brincos e um anel, que por acaso parecem um conjunto, mas não são. Os brincos são da Accessorize e o anel é da Pull & Bear. Fiz uma make bem básica, porque vocês sabem que não sou fã de maquilhagens (=maquiagens), mas usei e abusei do meu novo batom, o "Flat Out Fabulous" da MAC (tem fotinho dele aqui). Vocês acreditam que em pleno dia 31, a minha mãe ofereceu-me este batom?  MORRI, AMEI E INAUGUREI! 

 

 

 

 

 

Desculpem pela qualidade das fotos, mas realmente faltou um pouco de luz :(

 

 

Em seguida vem um pouco da nossa decoração. Como eu sou muito espertinha, só que não, esqueci-me de tirar foto da mesa do jantar e tirei apenas da mesa com as entradas. 

 

 

 

 

 

 

Fico por aqui e espero pelos vossos comentários. 

Beijooo e aquele abraço!

 

// História, POR Carolyne Veloso

Bom dia, pessoas! E hoje eu vim falar sobre os ténis (=tênis) mais requisitados do momentos, os New Balance, uhuuul. Antes de nada, observem...

 

 

Eles já começaram a ser usados com mais antecedência no Brasil e agora, passaram a ser os queridinhos dos meninos e das meninas aqui em Portugal. Sim, foi exatamente o que eu acebei de falar (neste caso, o que eu acabei de escrever), os rapazes também aproveitaram o embalo e aderiram a esta nova tendência. Que um belo par de ténis é super confortável, disso nunguém dúvida. Mas melhor que isto é estar de bem com a vida e com os pés e ainda esbanjar estilo. É ou não é verdade que as pessoas, principalmente as raparigas, têm  usado com bastante frequência ténis, especialmente o New Balance? De certeza que vocês já repararam e até até devem ter comprado uns. Deixei para publicar este post hoje justamente por ser segunda-feira, dia em que as pessoas estão com uma certa preguicite que veio do fim de semana, e porque acho que o primeiro dia da semana deixa sempre dúvidas no que vestir ou calçar.

 

Para quem não sabe, a New Balance é uma marca antiguinha, tá?! Só que eles só deram início às vendas de ténis de corrida na década de 70, com a linha 320, que foi o maior sucesso no mercado da moda. Passaram-se anos, eu nasci, vocês nasceram e nada de se ouvir falar neles. Até que, há pouco tempo, como a moda vai e volta, ele "ressurgiu" nos pés das fashionistas e pronto...CONQUISTOU TERRITÓRIO NO MUNDO FASHION! 

Agora, um dos modelos mais usados é o modelo 574 e o melhor disto tudo é que eles se encaixam perfeitamente tanto com um look mais desportativo como com uma peça de alfaiataria. Para que não hajam dúvidas do que estou a falar, vamos às fotos.

 

 

 

 

 

 

 

Amei este em bordô!

 

 

 

 

 

 

Com isto, já provei a vocês que os New Balance ficam bem com calças, vestido ou saia. A dica agora é: usem e abusem! Estou quase a fazer anos, aceito o verde escuro ou o bordô de prenda, New Balance. #ObrigadaDenada

 

Eu espero que vocês tenham gostado deste post, meninas. Se vocês já tem o vosso "ténis sensação", mas não sabiam com o que usar, espero ter ajudado de alguma forma.

 

Beijo e aquele abraço!

 

 

 

 

Chapéu Panamá
30 Set 2015
// Look, POR Carolyne Veloso

Boa tardeee! Eu sei que já é quase noite  (pelo menos aqui por Lisboa), mas hoje vim falar de chapéus, neste caso, do meu chapéu! Será que só eu acho que um acessório como um chapéu dá um outro ar ao look? Agora que falei nisto, foi que me lembrei de uma coisa: devia ter tirado uma fotografia sem o meu "amiguinho" estiloso para vocês poderem fazer uma breve comparação. 

Pessoas, vamos combinar que a cor branca já se adequa perfeitamente para o calor e é a cara do verão, sim?! Então, para o look que vim mostrar a vocês, além de um vestidinho branco bem básico, que tem um dedalhe étnico na cor verde, usei também o o queridinho do verão, o "chapéu Panamá", que, na verdade, é produzido no Equador. Para quem não sabe, este tipo de chapéu é de palha e, em geral, tem em cores neutras, o que é o máximo porque podemos combiná-lo com looks de diferentes cores e estilos. Já ficaram esclarecidas sobre o assunto? Então, meus caros e minhas caras, vamos para o look...

 

 

 

 

Como já disse, o vestido tinha detalhes verde, então usei acessórios na mesma cor. O que vocês acharam?

 

 

 

 

 

Vou ficando por aqui e espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Acho que ainda temos uns três dias de calor, segundo o Instituto Português do Mar a da Atmosfera, lol, então usem e abusem do chapéu enquanto há tempo. Caso contrário, não fiquem tristes porque há chapéus de inverno. Ah...Antes que me esqueça, estas sandálias são do Brasil, da Grendha

 

Beijooo e aquele abraço!

// Look, POR Carolyne Veloso

Heeey! É sábado, está calor e tenho um look super adequado para hoje. Achei que ficou MA-RA, e sabem por quê? Porque foi uma combinação que fiz com uns calções de veludo, da Pimkie, com acessórios dourados e as sabrinas (=sapatilhas) juntavam as duas coisas: eram pretas em veludo e tinham um detalhe dourado. Não sei se vocês já repararam, mas tem-se usado calções em veludo e quase sempre neste tom caramelo. Estou "in love" com o meu! Para fechar com chave de ouro, usei a minha malinha (=bolsinha) do Romero Britto, que falei dela ainda ontem no post "Brasil - Recife". E, para provar que a pessoa também pode arrasar sem estar com os cabelos ao vento, fiz um coque super simples, mas com uma trancinha do lado direito. E quando digo simples, quero dizer que só peguei o cabelo e prendi, como vocês costumam fazer quando estão com calor. A parte mais "complicadinha" (não foi nada complicado, mas sei que algumas pessoas não se entendem muito com tranças), foi fazer a trança. Eu já disse em outros posts que gosto muito de tranças, então vocês já estão acostumados com os meus penteados super inovadores #SóQueNão 

 

 

 

 

 

 

 

Diquinha básica: usem e abusem dos acessórios. Eles sempre dão aquela "Tchanã" no visual. Imaginem se eu não tivesse usado o colar...acho que o look não iria ficar mal de todo, mas teria dado uma apagadinha, não era? É verdade! As sabrinas são da Stradivarius e as pulseiras também :)

 

Fico por aqui, meus caros. Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, que foi curtinho, mas está valendo! Digam-me o que acharam nos comentários, partilhem o post e enviem-me outros assuntos que vocês gostariam que eu falasse aqui. 

 

Fiquem com Deus e com os livros, porque eu sei que as aulas já começaram. Aos amigos do Brasil, que estão em época de provas, boas provas! Aos de Portugal, que as aulas começaram por estes dias, bom início de aulas!

 

Beijoooo e aquele abraço!