// Look, POR Carolyne Veloso

Heeeey!

Tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo! Já perceberam que estou a postar aqui no blog com alguma frequênia? Palmas para mim, uhuuul! Espero que vocês estejam a gostar dos novos posts. Melhor: espero pelos vossos comentários para que eu possa saber se vocês estão a gostar dos posts e também podem sugerir dicas do que eu devo falar aqui.

Pessoas, hoje eu vim mostrar a vocês e relembrar alguns looks que eu usei com ténis (= tênis) brancos. A verdade é que dias passam e este nosso amiguinho ainda tem sido o queridinho das meninas e também dos meninos. Se vocês forem reparar, os ténis brancos chegaram com tudo e a cada dia mais eles têm se superado porque têm sido descoberto neste mundo da moda como um ténis que dá exatamente com tudo. Como vocês sabem, e se vocês acompanham o blog, eu já fiz alguns posts em que usei os meus ténis brancos, assim como já dei dicas de looks que super combinavam com eles. Hoje, separei alguns destes meus looks para vocês me dizerem qual foi o que vocês mais gostaram. Será que vocês fazem isto por mim? 

 

Ah...para quem quiser rever os posts, tem o link deles em baixo das fotos.

 

1) O primeiro look foi quando fui à Paris, porque não tem nada melhor que viajar confortável, não é? E quando eu penso em "confortável", eu penso logo em um bom par de ténis.

 

http://prontasparamatar.com/pt/item/25-turistando/103-pariseando-parte

 

2) O segundo look está MA-RA! Era inverno e mesmo assim deu para usufruir do meu queridinho porque os meus são em pele (=couro), então posso usá-los até na chuva.

 

http://prontasparamatar.com/pt/item/1-look/155-mais-um-look-com-os-branquinhos

 

2) Neste terceiro look, eu combinei os meus ténis com algo que eu amo: camisola (=blusa) às riscas.

 

http://prontasparamatar.com/pt/item/1-look/149-look-do-dia-tnis-brancos

 

3) Look de viagem à Amsterdam

 

http://prontasparamatar.com/pt/item/1-look/177-look-de-viagem

 

4) E usar o nosso fofinho com saia? Amo!

 

http://prontasparamatar.com/pt/item/1-look/192-outro-look-mesma-pea
 
 
Bem...eu acho que não há compra melhor que um belo par de ténis brancos, viu?! Que pecinha mais versátil, gente! Dá com tudo, simplesmente por ser branco, vocês não acham? Enfim, fico por aqui e espero pelos vossos comentários. Digam-me qual foi o look que vocês mais gostaram e depois já podem voltar aos estudos.
 
Beijo e aquele abraço!

 

 

// Look, POR Carolyne Veloso

Heeey! É sábado, está calor e tenho um look super adequado para hoje. Achei que ficou MA-RA, e sabem por quê? Porque foi uma combinação que fiz com uns calções de veludo, da Pimkie, com acessórios dourados e as sabrinas (=sapatilhas) juntavam as duas coisas: eram pretas em veludo e tinham um detalhe dourado. Não sei se vocês já repararam, mas tem-se usado calções em veludo e quase sempre neste tom caramelo. Estou "in love" com o meu! Para fechar com chave de ouro, usei a minha malinha (=bolsinha) do Romero Britto, que falei dela ainda ontem no post "Brasil - Recife". E, para provar que a pessoa também pode arrasar sem estar com os cabelos ao vento, fiz um coque super simples, mas com uma trancinha do lado direito. E quando digo simples, quero dizer que só peguei o cabelo e prendi, como vocês costumam fazer quando estão com calor. A parte mais "complicadinha" (não foi nada complicado, mas sei que algumas pessoas não se entendem muito com tranças), foi fazer a trança. Eu já disse em outros posts que gosto muito de tranças, então vocês já estão acostumados com os meus penteados super inovadores #SóQueNão 

 

 

 

 

 

 

 

Diquinha básica: usem e abusem dos acessórios. Eles sempre dão aquela "Tchanã" no visual. Imaginem se eu não tivesse usado o colar...acho que o look não iria ficar mal de todo, mas teria dado uma apagadinha, não era? É verdade! As sabrinas são da Stradivarius e as pulseiras também :)

 

Fico por aqui, meus caros. Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, que foi curtinho, mas está valendo! Digam-me o que acharam nos comentários, partilhem o post e enviem-me outros assuntos que vocês gostariam que eu falasse aqui. 

 

Fiquem com Deus e com os livros, porque eu sei que as aulas já começaram. Aos amigos do Brasil, que estão em época de provas, boas provas! Aos de Portugal, que as aulas começaram por estes dias, bom início de aulas!

 

Beijoooo e aquele abraço!

Brasil - Recife
25 Set 2015
// Turistando, POR Carolyne Veloso

Volteeeeeeeei! Pessoas, as minhas férias foram bem corridas. Só para que saibam, o mês de agosto, para mim, foi o mesmo que um ano. Mesmo assim, fui ao Brasil e tenho umas fotinhos para mostrar a vocês. Não tenho muito o que mostrar, porque passei apenas 10 dias e o intuito não foi ir para passear. Ainda assim, tenho uns cliques de Recife. Nada de especial, para ser sincera, mas sempre há o que mostrar.

E tudo começou assim...

Tem foto mais cliché (=clichê) que esta? A sério, pessoas, toda a gente tem uma foto do céu.

 

Nada melhor e a cara do Brasil que uma bela água de coco. Genteeee, eu amo água de coco. É uma pena não ter aqui. Sim, a verdade é que até tem, mas aquelas engarrafadas ou enlatadas não são tão boas.

 

#MomentoOstentação

 

E com vocês, a praia de Boa Viagem, uhuuuuuul! Também conhecida como a praia dos tubarões, ahahah! Sempre que eu digo que sou de Recife, a primeira coisa que as pessoas me perguntam é se é mesmo verdade que lá tem muitos tubarões. Amigos, de uma vez por todas: TEM! Mas também tem muitas plaquinhas que avisam onde eles estão mais presentes, percebem?

 

 

Eu já tinha publicado esta fotografia na nossa página do Facebook, mas resolvi publicar aqui também. Já agora, quem não nos segue lá na página, basta dar um clique em cima do nome que está a cor de rosa e, logo em seguida, clicar onde diz "like" ou "curtir". #ObrigadaDeNada

 

Para quem gosta de correr e fazer qualquer outro tipo de exercício físico, aqui está uma dica, meus caros: correr no calçadão da praia! Tem sensação melhor que esta? Não, não tem. E para quem gosta mesmo da coisa, ainda pode usufruir destes equipamentos de graça. Resumindo e concluindo: só não mantém o "corpitcho" quem não quiser. 

 

 

E vamos para a feirinha de Boa Viagem...

 

 

 

Para quem gosta de arte e quer levar uma lembrança para um amigo, esta feirinha tem coisas muito giras (=bonitas) e que são a cara de Recife. Os preços variam bastante: tem coisas muitos caras, mas também conseguem encontrar algo mais em conta. 

 

E não podemos falar em arte e não falar em Romero Britto, que é natural de Recife e radicado nos Estados Unidos. Gente, ele é demais! Não tem como desconhecer os seus trabalhos. Estão a ver esta malinha (=bolsinha) acima? Trouxe uma para mim, uhuuul, e tenho umas sabrinas (=sapatilhas) no mesmo padrão. #EstouAceitandoUmaMalaDeViagemDeleTambém

 

 

E olhem para este porta copos...lindo, não?!

 

Porque a pessoa estava de olho em outra coisa, mas deu de cara com o salsichão. Para quem não sabe, o nosso amigo "salsichão", nada mais é que um tipo de salsicha. É muito bom, por sinal, e fazia anos que eu não tinha comido porque da outra vez que estive no Brasil, eu nem me lembrei de comer. 

 

Momento "Lojas Americanas". Sabem aquela loja que tem de tudo um pouco? É tipo isso! A minha parte preferida é a dos chocolates, batatas e coisas da mesma família. Neste momento, eu acho que estava a rir com o preço das coisas. O Brasil me surpreendeu com tudo tão caro.

 

Eu fui almoçar no Shopping Rio Mar, gente! É um centro comercial novo, enorme e muito lindo! 

Restaurante Giraffas, gostei da comida de vocês e adorei a ideia deste controle que vibrava para sabermos que a nossa comida estava pronta. 

 

 

 

Sim, tirei uma foto desta máquina de secar as mãos porque gostei e decidi postar aqui. Lol

 

Sem querer me desfazer de todas as outras partes do shopping, a área que eu mais gostei foi a do terraço porque dá para ver o centro da cidade e o rio Capibaribe. Sem falar que as fotos por lá ficam lindas. 

 

 

 

Não sei se vocês conseguem ver, mas lá atrás está o rio. Se eu tivesse sido mais espertinha, eu tinha ido tirar as fotografias mais cedo e aí, sim, dava para vocês verem melhor.

 

Andando ainda pelo shopping, nos deparamos com uma feirinha onde cada stand vendia coisas de um país diferente. Não tirei mais fotos, mas adorei este relógio e as rosas feitas em madeira que vocês poderão ver logo a seguir. 

 

 

Para acabar com chave de ouro, vamos falar em comidas:

Fandangos é algo que eu gosto, mas que aqui não tem. No Brasil, chamamos a isto "salgadinho". Aqui, em Portugal, chamamos "batatas". 

 

Caldinho de feijão, que é ótimo e vale muito a pena experimentar!

 

Guaraná! Aqui tem, mas esta garrafa enorme me surpreendeu. Acho que ainda  não havia uma garrafa de 3,0L em 2012. 

 

Hambúrger de rua #MomentoEngordar

 

Meninas, fico por aqui. Peço imensas desculpas pela minha ausência. Espero que vocês gostem deste post, apesar de não ter muito conteúdo. Para a próxima que for ao Brasil, apresento-vos a minha cidade como deve ser, sim?! Como disse logo no início do post, foi uma viagem muito rápida, então não tive muito o que mostrar porque estes poucos dias não foram férias. Enfim...fico por aqui e espero pelo vosso feedback.

 

Beijooooo e aquele abraço!

// Look, POR Carolyne Veloso

Boa tardeeeeee, meninas! Hoje, eu vim mostrar o look que usei para desfilar por Sintra e partilhar com vocês um pouco das belezas do Palácio da Pena. Mentira, pessoas, eu não cheguei a tempo de entrar. Estava com mais umas quantas pessoas e, quando chegamos mesmo à porta para entrar, já eram 18h10. A última entrada era às 18h30 e eles fechavam a porta do Palácio às 19h. Enfim...chegamos a conclusão que não íamos ter tempo para ver tudo como deve ser, então não entramos. Sendo assim, aqui estou eu apenas com o look que usei para mostrar a vocês. Sim, eu sei que o último post foi exatamente com esta saia e sei também que disse algo do tipo: "vou mostrar esta saia com uma camisola (=blusa) de outro padrão.". Ok, pessoas, não foi desta vez! Para agora, eu optei por usar esta saia com uma camisa, que também já é conhecida aqui no blog (foi exatamente com ela que eu fui à Paris), kkkk, e com o meu ténis (=tênis), que vocês também já bem conhecem. Genteeeee, agora que eu vim reparar que tudo o que usei neste look, vocês já viram. Aff, Carolyne, onde estão os novos looks? Eu mesmo perguntei e eu mesmo respondo: eu tenho coisas novas para mostrar, mas sou do tipo que conjugo vários looks com uma peça. O que eu posso fazer se acho que esta camisa ou saia combinam com várias coisas? Nada! Posso usar e postar! Então, voilá! 

 

 

 

Que mania é esta que eu estou a ter? Sempre com uma das mãos a segurar o cabelo. Sai, mania, sai de mim que não te pertenço!

 

 

 

 

Eu bem podia acabar este post a dizer que vos estou a dever uma visita guiada por mim mesmo ao Palácio da Pena, mas prefiro ficar calada porque, a cada post, eu digo isto e já nem sei como fazer para publicar tudo o que "prometo". 

 

Gostaram do look, meninas e meninos? Sim, porque o look é para o público feminino, mas a opinião masculina também conta. Fico por aqui, people! Tenham um bom fim de semana :)

 

Beijooooo e aquele abraço!

 

 

 

// Look, POR Carolyne Veloso
// História, POR Carolyne Veloso

É muito bom acordar e saber que amanhã é feriado, uhuuuul! Feriado que vai acabar em estudos para muita gente, não é mesmo? Exames, exames, exames e exames! Aos leitores do Brasil, que o ano letivo não começa na mesma data que aqui, deixem-se só vos explicar uma coisinha para vocês não estarem a ler isto e ficarem sem perceber: nesta altura, as pessoas que querem ir para a faculdade têm que fazer provas, os "famosos" exames nacionais. Quem está na faculdade também está em época de exames e tal, por isso, que disse que o feriado ia acabar em estudos. Enfim, espero que tenham percebido esta minha pequena explicação, mas vamos focar na cerimónia (=cerimônia) e na recepção do casamento da Poly e do Daniel. Não quero me prolongar muito, então vou mostrar todas as fotos e escrever, por baixo de cada uma, algum detalhe que me lembre.

 

Esta foi a igreja do casamento.

 

É incrível, mas à volta da igreja é um cemitério. Algo bem diferente, não é?

 

Não sei se conseguem ver bem, mas em cada banco havia uma portinha. Algo que eu nunca tinha visto antes, a não ser em filmes antigos. Por falar nisto, a igreja tinha uma arquitetura bem antiguinha, mas era linda.

 

 

Super amorosos, own!

 

 

A família da Poly.

 

Olha a família Veloso marcando presença, gente!

 

E vamos a la fiesta...

Esta foi a igreja da recepção. Entramos primeiro para a parte de baixo, onde foram servidos as entradas.

 

 

Eu não me lembro do nome disto, mas sei que era finlandês porque a família do noivo é finlandesa. Era uma espécie de uma massa de empada com um arroz cozido e meio papado por cima. Para acompanhar, havia um paté (=patê) que para mim parecia ovo cozido e ralado. a minha descrição não foi muito boa, eu sei, mas saibam que isto sabia bem. Kkk

 

Já na parte de cima, onde foi servido o jantar (já é a segunda vez que eu digo "foi servido", quando , na verdade, fomos nós mesmos que nos servimos). Nesta mesinha, havia um livro com fotos dos noivos, para os convidados deixarem uma mensagem ao casal, e havia algo que eu NEM gosto: chocolates! 

 

O tal livro...

 

 

As lembrancinhas ficaram postas em cima do prato de cada convidado. Era chocolate, uhuul! Os meus só duraram até Lisboa, claro!

 

Eu me acho quando chego a um lugar e tem lá o meu nome, kkkk. #Eusoubestademais

 

Gostei muitos destas luzes dentro de cada jarro de flores. Elas eram cor de rosa...super fofinhas!

 

Uma coisa super engraçada que houve durante toda a recepção: este projetores, onde passavam fotos dos noivos, vídeos de amigos do Brasil e outros países e, a coisa mais gira (=giro é bonito, mas também dá para ser legal), foi eles terem criado a hashtag "Korhonen". Não tem para onde correr, mas todos se rendem às redes socias e com essa hashtag, quem quisesse podia publicar fotos no Instagram ou no Twitter e escrever #Korhonen que, em poucos segundos, a fotografia aparecia no telão. Nem preciso dizer que aquilo foi uma chuva de fotos, não é?!

 

As comidinhas...

 

O meu pratinho, uhuuul! Os suecos são bem light, viu?! Mas tava tudo muito bom. 

 

Gostam? Era da Cristina, a mãe da Poly. Me gusta mucho!

 

 

 

 

 

Tem acompanhante mais fofo? Não, não tem!

 

 

 

Foi bem divertido as brincadeiras que houve com eles. Esta foto foi tirada em um destes momentos. Tenho tudo em vídeo para vocês. Aliás, acho que tenho. Vou tentar postar logo, porque eu tenho demorado muito, eu sei. #Sorry

 

O bolo meio deformado, mas o bolo! Kkkk Só quem esteve lá pode entender oq ue aconteceu com o coitadinho do bolo, kkk.

 

E o casamento acabou assim, com agradecimentos às pessoas (olhem o meu nome).

 

Meus caros, eu vou ficando por aqui porque ainda há muito o que fazer hoje. Espero que vocês tenham gostado do post de hoje e não se esqueçam que estou à espera dos vossos comentários. Vamos combinar uma coisa? Quem leu este post até aqui, me manda um comentário só para eu saber quem leu, pode ser? Não custa nada!

 

Beijo, fiquem com Deus e aquele abraço!

// Look, POR Carolyne Veloso

Bom dia, prontíssimas! Antes de mais nada, quero desejar uma ótima semana a todos vocês. 

Hoje, o post está mudando de cenário. O país da vez é a Suécia e o primeiro look do dia não durou muito tempo por causa do frio que estava, mas vou mostrar tudo a vocês. Não sei se vocês se lembram, mas eu disse que o meu destino era a Suécia porque ia ao casamento de uma amiga, lembram-se?

Então vamos ao look: comecei com as minhas calças coloridas, os sapatos pretos e a camisa preta. Depois, vesti um casaco azul que era super quentinho, mas que não combinava tanto com as calças que estava, então mudei para umas calças pretas e as botinhas. Pronto, acabei! 

Focando apenas no nosso título: as calças com padrão ainda estão super em alta e são tendência, meninas. Existem com padrão florido, xadrez, bolinhas, étnico, etc. As minhas parecem que são flores, mas considero que são meio étnicas. Para quem tem dúvida em como usar uma calça assim porque não sabe com o que combinar, a minha dica é usar algo mais básico na parte de cima. Mas se você é uma pessoa que sabe conjugar bem padrões diferentes...se joga! Mas quem não sabe e prefere não errar, o melhor é usar algo liso. No calçado, acho que fica bem usar um saltinho, sabrinas (=sapatilhas) ou um sapato no estilo dos que usei. 

 

 

 

 

 

Sim, meninas, eu só levei uma bolsinha e mais nada. Foi a mesma para todos os looks, então foi tudo muito bem pensado. Disto, podemos tirar uma dica: usar a mesma peça em vários looks diferentes! Usei a minha bolsinha com o look da viagem, com este look, com o look da volta...fui prática!

 

 

 

O frio esra muito. Não aguentei muito tempo com a camisa e tive que optar por um casaco quentinho.

 

 

Este foi o look final, que era todo preto porque ficava melhor com o casaco azul. 

 

Gostaram da dica de hoje? Não deixem de usar calças padronizadas, usem e abusem! Espero pela vossa opinião nos comentários e até o próximo post.

 

Beijo e aquele abraço!

Holanda - Amsterdam
31 Mai 2015
// Turistando, POR Carolyne Veloso

Voltei com mais um post, pessoas! Vim mostrar um pouco de Amsterdam...é que é só um pouco mesmo, mas já dá para despertar o vosso gostinho em conhecer a cidade. Não me vou prolongar muito agora, porque fica  mais fácil falar de acordo com cada fotografia.

 

Tentando me conectar com o mundo, lol. 

 

Eu ganhei essa bolachinha no avião. É uma bolacha típica holandesa e é ótima. Vendem em praticamente todas as lojas, só que numa embalagem diferente para dar a entender que são caseiras. 

 

Esta foto diz muito para uma pessoa que ama chocolates como eu, kkk. Isto era dentro do aeroporto e eu fiz questão de passar por lá várias vezes para apreciar os cholocates todos.

 

Uma coisa ótima do aeroporto Schiphol é que há a estação de comboio (=trem) dentro dele, que nos leva diretamente ao centro de Amsterdam por um preço muito barato. A viagem custa apenas 8,20 euros, ida e volta. E, como foi a nossa primeira viagem, tivemos que comprar o cartão que é recarregável e custa 1 euro. #FicaaDica

 

Aqui, já tínhamos chegado ao centro de Amsterdam e estes são os elétricos da cidade.

 

 

 

Eu sempre soube do hábito que os holandeses têm de andarem de bicicleta, mas não imaginava que fosse tanto. Não sei se vocês conseguem ver bem, mas este estacionamento eram apenas de bicicletas...eram muitas, muitas, muitas!

 

Eu ia cortar este rapaz, mas deixei para poder lembrar das vezes que eu estava a andar e tomava um susto com cada pessoa que vinha a correr de bicicleta. 

 

 

A arquitetura dos prédios eram super engraçadas. Eles eram todos um pouco inclinados e pareciam que iam cair, a sério! Fui ao nosso amigo Google e li que, antigamente, os proprietários pagavam os imopostos de acordo com o tamanho da casa e, por isso, a maioria dos prédios em Amsterdam são estreitos e baixos. Sem falar que há um gancho em cima de cada prédio para "içar" qualquer móvel pela janela, já que não há espaço suficiente para transportá-los por dentro do prédio. E agora vocês se perguntam o que tudo o que eu acabei de escrever tem a ver com a inclinação, lol. A inclinação é para evitar que frigoríficos (=geladeiras), sofás ou qualquer outra coisa bata nas paredes na hora da mudança.

 

 

Aqui está a casa de Anne Frank, que mostrei melhor no vídeo. Vocês já leram o livro dela? Fala sobre uma adolescente judia, que viveu durante a segunda guerra mundial, e que, com a sua família, tentava refugiar outros judeus. Se quiserem saber mais, leiam o livro. Super indico! #MaisUmaDiquinhaDaCarol

 

 

 

 

Fico por aqui, pessoas. Já é tarde por estes lados e eu estou cheinha de sono. Qualquer dúvida ou outra coisa, podem me perguntar pelos comentários que eu respondo. Ah, digam-me também o que acharam do post. 

 

Boa noite, beijo e aquele abraço!

// História, POR Carolyne Veloso
// Look, POR Carolyne Veloso